Tradução e acessibilidade: métodos, técnicas e aplicações

Autores

Helena Santiago Vigata (editor)
Universidade de Brasília (UnB)
https://orcid.org/0000-0002-2396-9653
Soraya Ferreira Alves (editor)
Universidade de Brasília (UnB)
https://orcid.org/0000-0002-6187-2940
Palavras-chave: Tradução audiovisual, Acessibilidade audiovisual, Surdos - Educação, Deficiência sensorial

Sinopse

No Instituto de Letras da Universidade de Brasília têm sido desenvolvidas pesquisas de exemplar qualidade e ineditismo em torno da temática da acessibilidade, tanto do ponto de vista da tradução audiovisual quanto da educação inclusiva. Este livro, intitulado Tradução e acessibilidade: métodos, técnicas e aplicações, é uma mostra do trabalho realizado em nossa unidade académica no âmbito do ensino, da pesquisa e da extensão. Muitos trabalhos oriundos do grupo já foram publicados e geraram contribuições significativas, mas esta é a primeira vez que aparecem reunidos num mesmo volume. Compilada em dez artigos de autoria individual e coletiva com o intuito de disseminar de maneira integrada o conhecimento produzido em nossa instituição, a obra gira em torno a temas atuais repartidos em três grandes eixos temáticos: novas modalidades de tradução voltadas para a acessibilidade linguística e sensorial de textos audiovisuais; reflexões sobre a prática tradutória voltada para a acessibilidade audiovisual e museal de pessoas com deficiência sensorial e; acessibilidade na educação. O público-alvo do livro são estudantes, professores tradutores e profissionais da acessibilidade que procuram conhecimento especializado com embasamento teórico e metodológico sólido sobre o estado atual da acessibilidade audiovisual, museal e educacional para as pessoas com deficiência visual e auditiva.

Capítulos

  • Prefácio
  • Introdução
    Helena Santiago Vigata, Soraya Ferreira Alves
  • PARTE I - Novas modalidades de tradução e acessibilidade audiovisual
  • Capítulo I - Cinema para Surdos: janela de Libras na perspectiva da estética cinematográfica
    Raphael Pereira dos Anjos
  • Capítulo II - Particularidades e desafios da audiodescrição de textos audiovisuais multilíngues
    Soraya Ferreira Alves, Helena Santiago Vigata, Priscylla Fernandes dos Santos
  • Capítulo III - Para além do áudio e das línguas orais: a audiodescrição sinalizada
    Anderson Tavares Correia-Silva
  • PARTE II - Reflexões sobre a prática tradutória
  • Capítulo IV - Tradução de roteiros de audiodescrição
    Soraya Ferreira Alves, Priscylla Fernandes dos Santos, Viviane Santos Almeida Queiroz, Lucas Pereira de Assunção
  • Capítulo V - Legenda para Surdos e Ensurdecidos do universo sonoro do filme Desejo e Reparação
    Gabriela Caetano Boaventura Sampieri
  • Capítulo VI - Acessibilidade museal: sobre uma experiência multissensorial no Museu dos Correios
    Helena Santiago Vigata, Patricia El-moor, Patrícia Tavares da Mata
  • PARTE III - Acessibilidade na educação
  • Capítulo VII - Atividades de ensino de audiodescrição de produtos audiovisuais
    Charles Rocha Teixeira, Soraya Ferreira Alves, Juliana Rodrigues da Silva, Richard Henrique Coátio Souza
  • Capítulo VIII - A complexidade revela-se na prática: questões que surgem no ensino-aprendizagem de Legendagem para Surdos e Ensurdecidos (LSE)
    Helena Santiago Vigata, Daniela Mineu de Oliveira, Lídia Cristina Moutinho da Silveira
  • Capítulo IX - Ensino de história para Surdos no Brasil: reflexões sobre a formação docente e particularidades linguísticas
    Eduardo Felten, Leonardo Grokoski
  • Capítulo X - CiberLibras: o uso da tecnologia assistiva como ferramenta de acessibilidade para surdos no meio acadêmico
    Patricia Tuxi

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helena Santiago Vigata, Universidade de Brasília (UnB)

É professora do Bacharelado em Línguas Estrangeiras Aplicadas ao Multilinguismo e à Sociedade da  Informação e do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução da Universidade de Brasília (UnB). Suas pesquisas inserem-se na área de tradução audiovisual e acessibilidade cultural. Coordena o grupo de extensão “Cultura e Sociedade: acessibilidade de peças audiovisuais – audiodescrição e legendagem” e lidera o grupo de pesquisa Acesso Livre. É Doutora em Comunicação pela Universidade de Brasília com bolsa CAPES para realização de estágio Doutorado Sanduíche em Madri (2014-2015). Sua tese analisou a experiência artística de pessoas com deficiência visual em museus, teatros e cinemas.

Soraya Ferreira Alves, Universidade de Brasília (UnB)

É professora adjunta da Universidade de Brasília – UnB (desde 2009), vinculada ao Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, ao Curso de Tradução e ao Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução, onde atua principalmente nos seguintes temas: tradução literária e audiovisual. Tem trabalhos publicados nas áreas de crítica literária, tradução intersemiótica, audiovisual e acessibilidade. É membro fundador do o grupo de extensão “Cultura e Sociedade: acessibilidade de peças audiovisuais – audiodescrição e legendagem”, do grupo de pesquisa Acesso Livre e do Núcleo de Tecnologia Assistiva, Acessibilidade e Inclusão – NTAAI. Vice-diretora do Instituto de Letras – UnB (2018-2022). Organizadora e coautora do Guia para Produções Audiovisuais Acessíveis – SAV/MinC. É audiodescritora.

Capa para Tradução e acessibilidade: métodos, técnicas e aplicações
Publicado
maio 13, 2021

Detalhes sobre essa publicação

ISBN-13 (15)
978-65-5846-154-8
Bookmark and Share