Os relegados da cidade e os trilhos da segregação

Autores

Pedro da Costa
Universidade Estadual do Ceará (UECE)
https://orcid.org/0000-0002-4764-2532
Palavras-chave: Movimentos sociais urbanos, Remoções habitacionais, Copa do Mundo (Futebol)

Sinopse

A expulsão de habitantes “indesejados” das áreas valorizadas é fenômeno recorrente nas grandes cidades, e as atuais dinâmicas de transformação urbana acentuam esses afastamentos, incrementando formas contemporâneas de segregação. As remoções habitacionais ganham maior dramaticidade em locais fraturados socialmente, sobretudo na periferia global. Assim, a violência exercida contra famílias pobres despiu uma outra face, nada eufórica, da realização da Copa do Mundo de 2014. Para dar lugar a diferentes obras urbanas, milhares de pessoas sofreram com despejos e deslocamentos residenciais – forçados e induzidos. O silenciamento dessas pessoas e as demais violações ilustram o desenrolar da produção da subalternidade na sociedade brasileira, por meio de seletiva distribuição dos bens públicos e dos direitos de cidadania, resultando na deterioração das condições de vida de ampla camada de indivíduos. Este livro trata especificamente das experiências de remoções nas “comunidades do trilho”, em Fortaleza, ocorridas ao longo da implantação de um Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), obra inserida no pacote de intervenções urbanas relacionadas ao megaevento. A reconstrução histórico-sociológica desse processo é feita a partir da narrativa de pessoas diretamente atingidas pelas obras. Na análise, considera-se o grande negócio que se tornara a transformação de cidades, atravessada por dinâmicas de construção/destruição de paisagens, algo muito presente na capital do Ceará nas últimas décadas.

Capítulos

  • Introdução
  • As comunidades do trilho e a Copa das remoções
  • Um país emergente e a Fortaleza dos eventos
  • Da belle époque à Fortaleza Bela
  • Nos trilhos da resistência
  • Jardim sem cidade
  • "Esperando, esperando..."
  • Referências

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGAMBEM, Giorgio. Estado de Exceção. Boitempo Editorial: São Paulo, 2004.

ALMEIDA, André Araújo. Segregação urbana na contemporaneidade: a caso da comunidade Poço da Draga na cidade de Fortaleza. Dissertação (Mestrado em Arquitetuta e Urbanismo). Faculdade Presbiteriana Mackenzie, São paulo, 2015.

ALOMÁ, Patricia. Rodriguez. “El centro histórico, del concepto a la acción integral”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 31-50].

ALVAREZ, Isabel Pinto. “A segregação como conteúdo da produção do espaço urbano” In VASCONCELOS, Pedro de Almeida; CORRÊA, Roberto Lobato; PINTAUDI, Silvana Maria (orgs.). A cidade contemporânea: segregação espacial. – São Paulo: Editora Contexto, 2013. [pp. 111-126].

AMORA, Zenilde Baima. “O espaço urbano cearense: breves considerações”. In: AMORA, Z. B. (org.). O Ceará: enfoques geográficos. Fortaleza: FUNECE. 1999.

ANDRADE, Xavier. “Guayaquil: renovación urbana y aniquilación del espacio público”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa [Orgs]. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. p. 147-167.

ARANTES, Otília. B. “Uma estratégia fatal”. In ARANTES, O. B. F.; VAINER, C. B.; MARICATO, Ermínia. A cidade do pensamento único: desmanchando consensos. 5a ed. Petrópolis, RJ : Editora Vozes, 2009. (p. 11-74).

ARAÚJO, Marcos. F. F. “Daqui não saio, daqui ninguém me tira”. Direito à cidade e direito à moradia no contexto da Copa do Mundo de 2014 da FIFA em Fortaleza e o Movimento de Luta em Defesa da Moradia (MLDM). Monografia (graduação). Bacharelado em Direito. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2013.

ARRIGHI, Giovanni. O longo século XX: dinheiro, poder e as origens de nosso tempo. Tradução: Vera Ribeiro. 8ª reimp. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

ARROYO, Roberto; ROMERO, Antonio. “Lima Metropolitana y la globalización: plataforma de integración subordinada o espacio de autodeterminación em América Latina”. In MONTÚFAR, Marco Cordova. Lo urbano en su complejidad: una lectura desde América Latina. - 1ª ed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2008. (p. 99-119).

AZEVEDO, Paulo Ormindo. “El ‘centro partido’”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. (p. 189-207).

BARBOSA, Anna Emília Maciel. “Investimentos públicos e privados e as transformações na zona leste de Fortaleza” In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria. (Orgs). Fortaleza : os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. (p. 233-250).

BARBOSA, Camilla Goes . Segregação socioespacial urbana: a farsa do direito à moradia no contexto dos conjuntos habitacionais populares precários. Monografia (graduação). Bacharelado em Direito. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2012.

BARBOSA, Ivone Cordeiro. “Entre a barbárie e a civilização: o lugar do sertão na literatura”. In SOUZA, Simone; GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. (p. 56-75).

BARBOSA, Jorge Luiz. “A geografia dos negócios do narcotráfico”. In CARLOS, Ana Fani Alessandri; VOLOCHKO, Danilo; ALVAREZ, Isabel Pinto [Orgs]. A cidade como negócio. - São Paulo : Contexto, 2015. [pp. 247-266]

BARREIRA, Irlys. A. F. O reverso das vitrines: conflitos urbanos e cultura política em construção. Rio de Janeiro: Rio Fundo Editora, 1992.

BARREIRA, Maria do Socorro. “Intervenção Planejada e o Discurso da Participação”, in BARREIRA, Irlys. A. F.; BRAGA, Elza. Maria (Coords). A Política da Escassez: lutas urbanas e programas sociais governamentais. Fortaleza: Fundação Demócrito Rocha/Stylo Comunicações, 1991.

BARRETO, Lima. Contos completos. Organizado por Lilia Moritz Schwarcz. - São Paulo : Companhia das Letras, 2010.

BECK, Ulrick. “How not to become a museum piece” : The British journal of sociology [0007-1315] vol:56. 2005. pp:335-343.

BENSAID, Daniel. Marx, o intempestivo. Rio de Janeiro : Civilização Brasileira, 1999.

BERNAL, Cleide. A metrópole emergente: a ação do capital imobiliário na estruturação urbana de Fortaleza. Fortaleza: Edições UFC, 2004.

BERNARDINO-COSTA, Joaze; GROSFOGUEL, Ramon, “Decolonialidade e perspectiva negra”. Revista Sociedade e Estado – Volume 31 Número 1 Janeiro/Abril 2016.

BEZERRA, Higo Araújo. Os âmbitos da responsabilidade civil do Estado em face dos danos sofridos por aqueles que habitam em áreas de risco. Monografia (graduação). Bacharelado em Direito. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2012.

BOITO, Armando. “As relações de classe na nova fase do neoliberalismo no Brasil”. In CAETANO, G.; MAYA, M. L. Sujetos sociales y nuevas formas de protesta en la historia reciente de América Latina, Ciudad de Buenos Aires-AR: CLACSO Libros, 2006. pp. 271-296.

BOMTEMPO, Denise Cristina, “A dinâmica demográfica da Região Metropolitana de Fortaleza. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, R., [Orgs]. Fortaleza: transformações na ordem urbana. - 1. ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2015. [pp.142-184].

BONDUKI, Nabil, “Política de vivienda e inclusión social em Brasil: revisión histórica y nuevas perspectivas em el gobierno de Lula”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 95-136].

BORN, Liane Nunes, “A política de mobilidade urbana e os planos diretores”. In SANTOS JUNIOR, Orlando Alves; MONTANDON, Daniel Todtmann. (Orgs.). Os planos diretores municipais pós-estatuto da cidade: balanço crítico e perspectivas. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Cidades: IPPUR/IFRJ, 2011. [pp. 155-171].

BOURDIEU, Pierre. “Compreender” In BOURDIEU, Pierre, A Miséria do Mundo. Petrópolis/RJ: Vozes, 2007 pp. 693-713

BOURDIEU, Pierre. “Efeitos do Lugar” - In BOURDIEU, P. (Org.) Miséria do Mundo. Petrópolis: Vozes, 1997, pp.159 a 166.

BOURDIEU, Pierre. A distinção: crítica social do julgamento. Tradução Daniela Kern; Guilherme J. F. Teixeira. São Paulo: Edusp; Porto Alegre, RS: Zouk, 2007.

BOURDIEU, Pierre. O Poder Simbólico. Tradução Fernando Tomaz. 2ª ed. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1998.

BOURDIEU, Pierre; CHAMBOREDON, Jean-Claude; PASSERON, Jean-Claude. Ofício de Sociólogo: Metodologia da pesquisa na sociologia”. Tradução de Guilherme João de Freitas. 6ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

BRAGA, Ruy. “Sob a sombra do precariado”. In MARICATO, Ermínio; HARVEY, David; DAVIS, Mike; et al. Cidades rebeldes: Passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. São Paulo : Boitempo Editorial, 2013. [pp. 99-104].

BRAVO, María José Pérez. “Construcción de la vida asociativa: estudio de caso de las políticas de vivienda social em la comuna de La Pintana”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 174-193].

BRAVO, Paola Siclari. “Integración social em programas habitacionales y urbanos chilenos como aporte a la integración social nacional (1996-2006)”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 259-291].

BRÍGIDO, João. A Fortaleza em 1810. Fortaleza: 1979.

BUROCCO, Laura, “África do Sul”. In PAULA, Marilene de; BARTELT, Dawid Danilo. (Orgs). Copa para quem e para quê? Um olhar sobre os legados dos mundiais de futebol no Brasil, África do Sul e Alemanha. – Rio de Janeiro: Fundação Heinrich Böll, 2014. [pp. 60-105].

CARDOSO, Adauto Lúcio; SILVEIRA, Maria Cristina Bley. “O plano diretor e a política de habitação”. In SANTOS JUNIOR, Orlando Alves; MONTANDON, Daniel Todtmann (Orgs.). Os planos diretores municipais pós-estatuto da cidade: balanço crítico e perspectivas. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Cidades: IPPUR/UFRJ, 2011. [pp. 99-125].

CARLOS, Ana Fani Alessandri. “A tragédia urbana”. In CARLOS, Ana Fani Alessandri.; VOLOCHKO, Danilo; ALVAREZ, Isabel Pinto. [Orgs]. A cidade como negócio. - São Paulo : Contexto, 2015. [pp. 43-63].

CARLOS, Ana Fani Alessandri; VOLOCHKO, Danilo; ALVAREZ, Isabel Pinto. “Introdução”. In CARLOS, Ana Fani Alessandri; VOLOCHKO, Danilo; ALVAREZ, Isabel Pinto [Orgs]. A cidade como negócio. - São Paulo : Contexto, 2015. [pp. 7-12].

CARMONA, Rodrigo. “Repensando las formas de gobierno y gestión pública en grandes ciudades de la Argentina. Análisis en términos de políticas de articulación multiactoral y gobernanza democrática”. In MONTÚFAR, Marco Cordova. Lo urbano en su complejidad: una lectura desde América Latina. - 1ª ed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2008. [pp. 123-146].

CARRIÓN, Fernando Mena, “El centro histórico como objeto de deseo”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. [pp. 35-57].

CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa, “Renovación urbana y proyecto nacional”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. [pp. 13-29].

CASANOVA, Pedro Gonzalez. “Colonialismo interno (uma redefinição)”. In BORON, Atilio A.; AMADEO, Javier. A teoria marxista hoje. Problemas e perspectivas; Buenos Aires : Clacso Livros/Expressão Popular, 2006. (pp. 395-420)

CASTEL, Robert. “As armadilhas da exclusão”. In BÓGUS, Lucia. M. M.; YAZBEK, M. C.; WANDERLEY, M. B. (Orgs). Desigualdade e a questão social. - 4ª ed. rev. E ampliada. São Paulo: EDUC, 2013. [pp. 27-59].

CASTEL, Robert. A discriminação negativa: cidadãos ou autóctones? Tradução Francisco Morás, Petrópolis : Vozes, 2008.

CASTELLS, Manuel. Cidade, Democracia e Socialismo. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1980.

CASTILHO, Natália. “O direito de resistir ao direito”: A experiência do Movimento dos Conselhos Populares (MCP) na ocupação Raízes da Praia e os limites e possibilidades da afirmação constitucional do direito de resistência. Monografia (graduação). Bacharelado em Direito. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2011.

CERVELLATI, Pier Luigi; SCANNAVINI, Roberto, “Bolonha: Por que o Centro Histórico? Política e metodologia”. In FORTI, Reginaldo. (Org). Marxismo e urbanismo capitalista. - São Paulo : Livraria Editora Ciências Humanas, 1979. [pp. 119-151].CHESNAIS, François. A mundialização do capital. Tradução Silvana Finzi Foá. - São Paulo : Xamã. 1996.

CICOUREL, Aaron. “Teoria e método em pesquisa de campo”. In ZALUAR, Alba. Desvendando Máscaras Sociais. 3ª ed. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves Editora S. A. 1990.

CORDEIRO, Celeste, “O Ceará na segunda metade do século XIX”. In SOUZA, Simone; GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. [pp. 135-161].

CORONIL, Fernando, “Natureza do pós-colonialismo: do eurocentrismo ao globocentrismo”. In: LANDER, Edgardo (org.) A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perpectivas latino-americanas. Colección Sur Sur, Clacso, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Argentina. 2005. [pp. 50-62].

CORRÊA, Roberto Lobato. “Segregação residencial: classes sociais e espaço urbano” In VASCONCELOS, Pedro de Almeida; CORRÊA, Roberto Lobato; PINTAUDI, Silvana Maria (orgs.). A cidade contemporânea: segregação espacial. – São Paulo : Editora Contexto, 2013. [pp 39-59].

COSTA JUNIOR, Pedro. O estreito fio da navalha: participação e transformismo na relação do Movimento dos Conselhos populares (MCP) com a gestão de Luizianne Lins em Fortaleza (2005 a 2009). Dissertação (Mestrado). Programa de Pós Graduação em Sociologia (UFC). Fortaleza, CE. 2010.

COSTA, Maria Clélia Lustosa; ACCIOLY, Vera Mamede; NOGUEIRA, Cleiton Marinho Lima, “A copa de 2014 em Fortaleza: obras de mobilidade urbana e transformações na configuração espacial metropolitana”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria. (Orgs). Fortaleza : os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp. 57-82].

COSTA, Maria Clélia Lustosa; AMORA, Zenilde Baima, “Fortaleza na rede urbana brasileira: de cidade à metrópole”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato, [Orgs]. Fortaleza: transformações na ordem urbana. - 1. ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2015. [pp. 31-76].

COSTA, Maria Helena Batista, “As políticas urbanas e o exercício de uma nova esfera pública na gestão das cidades”. In MONTÚFAR, Marco Cordova. Lo urbano en su complejidad: una lectura desde América Latina. - 1ª ed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2008. [pp. 161-179].

COUTINHO, Carlos Nelson; TEIXEIRA, Andreia Paula [Orgs.] Ler Gramsci, entender a realidade, International Gramsci Society. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

COUTINHO, Enale de Castro. O direito à cidade: um exame sobre as consequências das obras da Copa do Mundo de 2014 na comunidade Trilha do Senhor. Monografia (graduação). Bacharelado em Direito. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2015.

DAGNINO, Evelina. “¿Sociedade civil, participação e cidadania: de que estamos falando?” In Daniel Mato (coord.), Políticas de ciudadanía y sociedad civil en tiempos de globalización. Caracas: FACES, Universidad Central de Venezuela, 2004. pp. 95-110.

DANTAS, Eustogio Wanderley Correia, “De ressignificação das cidades litorâneas à metropolização turística”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato [Orgs]. Fortaleza: transformações na ordem urbana. - 1. ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2015. [pp.111-141].

DANTAS, Eustógio Wanderley Correia; SILVA, José Borzacchiello. “A formação histórica da metrópole e principais tendências de desenvolvimento”. In PEQUENO, Luís Renato Bezerra [org]. Como anda Fortaleza. – Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2009. p:1-39.

DAVIS, Mike. Planeta favela. Tradução Beatriz Medina, - São Paulo : Boitempo Editorial, 2006.

DE MATTOS, Carlos A., “Globalización, negocios inmobiliarios y mercantilización del desarrolo urbano”. In MONTÚFAR, Marco Cordova. Lo urbano en su complejidad: una lectura desde América Latina. - 1ª ed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2008. [pp.35-61].

DELAVAUD, Anne Collin, “Mediación y concertación para salvar el centro urbano y el medio ambiente de Xochimilco: un patrimonio mundial em peligro em la periferia de México”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ª ed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 51-72].

DIAS, Sharon. Do espaço concebido à produção do cotidiano em Fortaleza - Ceará: a experiência do conjunto habitacional Maria Tomásia, no bairro Jangurussu. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geografia –CCT/Uece, Fortaleza, 2013.

DOIMO, Ana Maria. A vez e a voz do popular: movimentos sociais e participação política no Brasil pós-70. Rio de Janeiro: Relume-Dumará: ANPOCS, 1995.

DOMINGUES, José Maurício. A América Latina e a Modernidade Contemporânea. Uma interpretação sociológica. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2009.

ELIAS, Norbert; SCOTSON, John. L. Os estabelecidos e os outsiders. Tradução de Vera Ribeiro – Rio de Janeiro : Jorge Zahar Editor Ltda, 2000.

ENGELS, Friendrich. A questão da habitação. São Paulo. Acadêmica, 1988.

ENGELS, Friendrich. A situação da classe trabalhadora em Inglaterra, s/l. Afrontamento. 1975.

ESCOBAR, Arturo, “O lugar da natureza e a natureza do lugar: globalização ou pós-desenvolvimento?”. In: LANDER, Edgardo (org.) A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perpectivas latino-americanas. Colección Sur Sur, Clacso, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Argentina. 2005. [pp. 63-79].

ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. “Introducción: Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 11-30].

FAJRE, Silvia. “Patrimonio cultural e identidad urbana: una gestión compartida para el desarrolo económico”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. [pp. 169-177].

FAJRE, Silvia. “Plan de manejo del caso histórico de la ciudad de Buenos Aires”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 73-93].

FANON, Frantz. Os Condenados da Terra. Tradução de José Laurênio de Melo – Rio de Janeiro : Editora Civilização Brasileira, 1968.

FANON, Frantz. Pele negra, máscaras brancas ; tradução de Renato da Silveira . - Salvador : EDUFBA, 2008.

FERNANDERS, Luís; JENNINGS, Andrews; ROLNIK, Raquel. “Pátria, empresa e mercadoria. Notas sobre a estratégia discursiva do Planejamento Estratégico Urbano”. In ARANTES, Otília; VAINER,Carlos; MARICATO, Ermínia. A cidade do pensamento único: desmanchando consensos. 5a ed. Petrópolis, RJ : Editora Vozes, 2000. (p. 75-103).

FERNANDES, Adelita Carleial. “A gestão do ‘popular’ na experiência de poder municipal”, in BARREIRA, Irlys. A. F.; BRAGA, Elza Maria. (Coords). A Política da Escassez: lutas urbanas e programas sociais governamentais. Fortaleza: Fundação Demócrito Rocha/Stylo Comunicações, 1991.

FERNANDES, Adelita Carleial; DIÓGENES, Glória Maria; LIMA, Cláudia. “Movimentos Sociais Urbanos em Fortaleza: trajetória de um novo sujeito social” in BARREIRA, Irlys; BRAGA, Elza. Maria (Coords). A Política da Escassez: lutas urbanas e programas sociais governamentais. Fortaleza: Fundação Demócrito Rocha/Stylo Comunicações, 1991.

FERNANDES, Florestan. A integração do negro na sociedade de classes: No limiar de uma nova era. Volume 2. - São Paulo : Globo Livros, 2008.

FERNANDES, Florestan. A revolução burguesa no Brasil: ensaio de interpretação sociológica. 2ª ed. - Rio de Janeiro : Zahar Editores, 1976.

FERNANDES, Florestan. O protesto negro. (Coleção polêmicas do nosso tempo ; v. 33) — São Paulo : Cortez : Autores Associados,1989.

FERREIRA, João Whitaker, “Cidades para poucos ou para todos? Impasses da democratização das cidades no Brasil e os riscos de um ‘urbanismo às avessas’”. In OLIVEIRA, Fracisco de; BRAGA, Ruy; RIZEK, Cibele (Orgs). Hegemonia às avessas : economia, política e cultura na era da servidão financeira. - São Paulo : Boitempo, 2010. [pp. 185-213].

FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína. Usos e Abusos da História Oral. 7ª ed. Rio de Janeiro, Fundação Getúlio Vargas, 2005.

FIGUEIREDO, Carlos Vinícius da Silva. “Estudos Subalternos, uma introdução”. Raído, Dourados, MS, v. 4, n. 7, p. 83-92, jan./jun. 2010. [pp. 83-92]

FILGUEIRAS, Luís; GONÇALVES, Reinaldo. A economia política do governo Lula. Rio de Janeiro: Contraponto, 2007.

FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. São Paulo : Artmed, 2009.

FONTES, Virginia. “A incorporação subalterna do capitalismo brasileiro”. PCB. 2011 [On line]. Disponível em: http://www.pcb.org.br/portal/index.phpoption=com_content&view=article&id=2450:a-incorporacaosubalterna-brasileira-ao-capital? Acesso em: 23 abr. 2014.

FONTES, Virginia. O Brasil e o capital imperialismo: teoria e história. - 2. ed. Rio de Janeiro: EPSJV/Editora UFRJ, 2010.

FRANK, André Gunder.; FUENTES, Marta. “Dez Teses Acerca dos Movimentos Sociais”, In: Lua Nova 17, 1989.

FREITAG, Barbara. Teorias da cidade. – 4a ed. – Campinas, SP. Papirus Editora, 2012.

FREITAS, Clarissa Sampaio, “Copa do mundo de 2014 em Fortaleza: segregação socioespacial e acentuação da informalidade urbana” In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria. (Orgs). Fortaleza : os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp.193-214].

FREITAS, Fabiano Lucas; COSTA, Maria Clélia Lustosa, “Desigualdade socioeconômica e espacialização dos homicídios na Região Metropolitana de Fortaleza”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato, [Orgs]. Fortaleza: transformações na ordem urbana. - 1. ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2015b [pp.332-356].

FROTA, Henrique Botelho, “Copa do mundo de 2014 e seu impacto na ordem jurídica: alterações legislativas para viabilizar o megaevento” In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria. (Orgs). Fortaleza : os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp. 145-162].

FUNES, Eurípedes Antônio, “Negros no Ceará”. In SOUZA, Simone; GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. [pp. 103=133].

GALASTRI, Leandro. Classes sociais e grupos subalternos: uma crítica aos Subaltern studies 38º Encontro Anual da Anpocs . ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM CIÊNCIAS SOCIAIS. Caxambu, 2014. Disponível em: http://www.anpocs.org/portal/index.php?option=com_docman&task=doc_view&gid=9018&Itemid=456. Acesso em 31 jul. 2019.

GARCIA, Antônia dos Santos. Desigualdades raciais e segregação urbana em antigas capitais: Salvador, cidade D’Oxum e Rio de Janeiro, cidade de Ogum. Rio de Janeiro : Garamond, 2009.

GASPAR, Ricardo Carlos, “Estado, instituiciones y desarrolo urbano”. In MONTÚFAR, Marco Cordova. Lo urbano en su complejidad: una lectura desde América Latina. - 1ª ed. – Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2008. [pp. 63-79].

GIRÃO, Raimundo, Interpretação de Fortaleza. In: MIRANDA, Ubatuba de; GIRÃO, Raimundo (org.). Retrato de Fortaleza. Fortaleza: Editora do Instituto do Ceará, 1954.

GOHN, Maria da Glória. História dos Movimentos e Lutas Sociais. 3ª ed. São Paulo, Edições Loyola, 2003.

GOHN, Maria da Glória. Movimentos Sociais e Luta Pela Moradia. São Paulo: Edições Loyola, 1991.

GÓIS, Rodolfo Anderson Damasceno. “Passe valorizado: o mercado imobiliário nos bairros próximos à arena Castelão” In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria (Orgs). Fortaleza : os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp.163-192].

GÓIS, Rodolfo Anderson Damasceno. A metrópole e os mega-eventos. Implicações socioespaciais da Copa do Mundo de 2014 em Fortaleza. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências, Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Fortaleza, 2013.

GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. “A região metropolitana de Fortaleza”. In: SILVA, José Borzacchiello da; CAVALCANTE, Tércia; DANTAS, Eustógio (orgs.). Ceará: um novo olhar geográfico. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha. 2005.

GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. “A região metropolitana de Fortaleza”. In: SILVA, José Borzacchiello da; CAVALCANTE, Tércia; DANTAS, Eustógio (orgs.). Ceará: um novo olhar geográfico. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha. 2005.

GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Os incomodados não se retiram, Fortaleza: Fundação Demócrito Rocha, 1992.

GONÇALVES, Adelaide. “Os movimentos sociais urbanos: organização e democracia interna”. Revista Sociedade e Estado. O Estado em questão: teoria e prática. Departamento de Sociologia, Universidade de Brasília. Vol. VI (2) – jul./dez. Brasília: Ed. UNB, 1991.

GONÇALVES, Rafael Soares; AMOROSO, Mauro. “Golpe militar e remoções das favelas cariocas: revisitando um passado ainda atual”. Acervo - Revista do Arquivo Nacional, v. 27, n. 1, [pp. 209-226], Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/43130. Acesso em: 29 jul. 2019.

GONDIM, Linda Maria. “Os ‘governos das mudanças’ (1987 – 1994)”. In SOUZA, Simone; GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. p: 409-423.

GONDIM, Linda Maria. O Acquario e os peixes: grandes projetos de requalificação urbana e movimentos sociais. GT20: Sociedade civil : protestos e movimentos sociais. XXIX Congreso ALAS 2013 (Anais) – Santiago/Chile, 2013.

GONDIM, Linda Maria. O Dragão do Mar e a Fortaleza pós-moderna: cultura, patrimônio e imagem da cidade. São Paulo: Annablume, 2006.

GOTTDIENER, Mark. A produção social do espaço urbano. São Paulo: EDUSP, 2010.HARVEY, David. A Produção Capitalista do Espaço. Tradução: Carlos Slak. 2ª ed. São Paulo : Annablume, 2006.

HARVEY, David. Condição pós-moderna. 22ª ed. Tradução de Adail Ubirajara Sobral. São

Paulo: Edicoes Loyola, 2012.

HARVEY, David. O enigma do capital : e as crises do capitalismo. Tradução de João Alexandre Peschanski – São Paulo : Boitempo, 2011.

HARVEY, David. O Novo Imperialismo. São Paulo : Edicoes Loyola, 2004.

HOUTART, François. “Os movimentos sociais e a construção do novo sujeito histórico”. In BORON, Atilio A.; AMADEO, Javier. A teoria marxista hoje. Problemas e perspectivas; Buenos Aires : Clacso Livros/Expressão Popular, 2006. [pp. 421-430].

IACOVINI, Victor. “Mobilidade urbana, transportes e VLT Parangaba/Mucuripe: histórico, conceitos, conflitos e impactos sócio-espaciais” In COSTA, M. C. L.; PEQUENO, R.; PINHEIRO, V. (Orgs). Fortaleza : os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp. 251-296].

IACOVINI, Victor. Plano sem Projeto (PDP-For) e Projeto sem plano (VLT Parangaba/Mucuripe): descaminhos da política urbana em Fortaleza, CE. Monografia (graduação). Bacharelado em Geografia. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2013.

JACOBI, Pedro. “Movimentos Sociais: Teoria e Prática em Questão”, in: SCHERER-WARREN, Ilse; KRISCHKE, P. (orgs) (1987). Uma Revolução no Quotidiano? Os Novos Movimentos Sociais na América do Sul. São Paulo, Brasiliense, 1987.

JACOBI, Pedro; NUNES, Edson. “Movimentos Populares Urbanos, Poder Local e Conquista da Democracia”. In MOISÉS, J. A. [et al.]. Cidade, povo e poder. 2ª ed. Rio de Janeiro: Coleção CEDEC v. 5. Paz e Terra, 1985.

JUCÁ, Gizafran Nazareno Mota, “Fortaleza: cultura e lazer (1945 – 1960)”. In SOUZA, S.; GONÇALVES, A [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. [pp. 192-236].

JUSTA, Mayara Moreira. As violações ao direito fundamental à moradia adequada em assentamentos de baixa renda da cidade de Fortaleza no contexto da Copa do Mundo de 2014. Monografia (graduação). Bacharelado em Direito. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2012.

KATZ, Claudio. Neoliberalismo, neodesenvolvimentismo, socialismo. Tradução Maria Almeida. 1ª ed. - São Paulo : Expressão Popular : Perseu Abramo, 2016.

KATZMAN, Ruben, “A dimensão espacial nas políticas de superação da pobreza urbana”. In RIBEIRO, Luís Cesar de Queiroz; SANTOS JUNIOR, Orlando Alves. (Orgs), As metrópoles e a questão social brasileira. - Rio de Janeiro : Revan, Fase, 2007. [pp. 301-337].

KAYA, Ibrahim. Modernity, openness, interpretation: a perspective on multiple modernities. Social Science Information, v. 1, n. 43, 2004. pp. 35-57.

KHONDKER, Habibul Haque. “Glocalization as Globalization: Evolution of a Sociological Concept”. Bangladesh e-Journal of Sociology. Vol. 1. Nº 2. 2004. pp. 1-9.

KINGMAN, Eduardo; GOETSCHEL, Ana Maria, “El patrimonio como dispositivo disciplinario y la banalización de la memoria: una lectura desde los Andes”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. [pp. 97-109].

KOWARICK, Leandro. [org]. As lutas sociais e a cidade: São Paulo passado e presente. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1988.

LANDER, Edgardo, “Ciências sociais: saberes coloniais e eurocêntricos”. In: LANDER, Edgardo (org.) A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perpectivas latino-americanas. Colección Sur Sur, Clacso, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Argentina. 2005. [pp. 8-23].

LAPLANTINE, François. A Descrição Etnográfica. São Paulo: Terceira Margem, 2004.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. 5a ed. Tradução Rubens Eduardo Frias. São Paulo : Centauro Editora, 2008.

LEMENHE, Maria Auxiliadora. Família, tradição e poder: o (caso) dos coronéis. São Paulo: ANNABLUME/Edições UFC, 1995.

LIMA, Ernandy Luis Vasconcelos de. Das areias da praia às areias da moradia: um embate socioambiental em Fortaleza-CE. Fortaleza: UFC, 2005. Dissertação de Mestrado, Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente. Fortaleza, 2005.

LOBO, Norma Carnevalli. “El hábitat residencial sustentable como punto de partida para la construcción de la ciudad”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp.217-231].

LOJKINE, Jean. O Estado e a Questão Urbana. São Paulo, Martins Fontes, 1980.

LORENZO, Pablo Gago, “Reflexiones sobre el derecho a la vivienda em el Ecuador. Una revisión desde la realidad urbana y el derecho a la ciudad”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 137-153].

LOWY, Michael. As aventuras de Karl Marx contra o Barão de Münchhausen: marxismo e positivismo na sociologia do conhecimento; tradução Juarez Guimarães e Suzanne Felicie Léwy. 5ª ed. São Paulo: Cortez, 1994.

MACHADO, Leda Maria Vieira. Atores Sociais: movimentos urbanos, continuidade e gênero. São Paulo: ed. Anna Blume, 1995.

MANTEGA, Guido. A Economia Política Brasileira. 2ª ed., Petrópolis, Vozes, 1984.

MARICATO, Erminia. “A Copa do Mundo no Brasil: tsunami de capitais aprofunda a desigualdade urbana”. In Fernandes, Luis; Jennings, Andrews; Rolnik, Raquel. Brasil em jogo : o que fica da Copa e das Olimpíadas? – São Paulo : Carta Maior : Boitempo Editorial, 2014.

MARICATO, Erminia. “As ideias fora do lugar e o lugar fora das ideias. Planejamento urbano no Brasil”. In ARANTES, Otília; VAINER, Carlos; MARICATO, Ermínia. A cidade do pensamento único: desmanchando consensos. 5a ed. Petrópolis, RJ : Editora Vozes, 2009. (p.121-192)

MARICATO, Erminia. “É a questão urbana, estúpido!”. In MARICATO, Ermínia; HARVEY, David; DAVIS, Mike; et al. Cidades rebeldes: Passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. São Paulo: Boitempo Editorial, 2013. [pp. 25-34].

MARICATO, Erminia. Globalização e política urbana na periferia do capitalismo”. In RIBEIRO, Luís Cesar Queiroz; SANTOS JUNIOR, Orlando Alves. (Orgs), As metrópoles e a questão social brasileira. - Rio de Janeiro : Revan, Fase, 2007. [pp. 51-75].

MARICATO, Erminia. O impasse da política urbana no Brasil. 2ª ed. Petrópolis : Ed. Vozes, 2012.

MARICATO, Ermínia.; SANTOS JUNIOR, Orlando Alves. “Construindo a política urbana: participação democrática e o direito à cidade”. In RIBEIRO, Luís Cesar Queiroz; SANTOS JUNIOR, Orlando Alves (Orgs). As metrópoles e a questão social brasileira. - Rio de Janeiro : Revan, Fase, 2007. [pp. 165-195].

MARICATO, Ermínia; HARVEY, David; DAVIS, Mike; et al. “Megaeventos: direito à moradia em cidades à venda”. In FERNANDES, Luis; JENNINGS, Andrews; ROLNIK, Raquel. Brasil em jogo : o que fica da Copa e das Olimpíadas? – São Paulo : Carta Maior : Boitempo Editorial, 2014.

MARICATO, Ermínia; HARVEY, David; DAVIS, Mike; et al. “Territórios Negros nas Cidades Brasileiras (etnicidade e cidade em São Paulo e Rio de Janeiro)”. Estudos Afro-Asiáticos, Rio de Janeiro, nº 17, 1989. Disponível em: http://raquelrolnik.files.wordpress.com/2013/04/territc3b3rios-negros.pdf. Acesso em 18 de março de 2013.

MARINHO, Gláucia; CAMPAGNANI, Mario; COSENTINO, Renato, “Brasil”. In PAULA, Marilene de; BARTELT, Dawid Danilo. (Orgs). Copa para quem e para quê? Um olhar sobre os legados dos mundiais de futebol no Brasil, África do Sul e Alemanha. – Rio de Janeiro: Fundação Heinrich Böll, 2014. [pp. 13-60].

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. Livro I. tradução de Reginaldo Sant’Anna. – 35ª ed. – Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2017.

MEDEIROS, Felipe Daminelli. Alto da Paz: Estudo de caso sobre direito à moradia e remoções forçadas. Monografia (graduação). Bacharelado em Direito. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2016.

MENA, Diego Carrión, “Quito: los desafios em los nuevos tiempos”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. [pp. 179-187].

MENEZES, Djacir. O outro Nordeste. Fortaleza: UFC, 1995.

MIGNOLO, Walter. A colonialidade de cabo a rabo: o hemisfério ocidental no horizonte conceitual da modernidade. In: LANDER, Edgardo (org.) A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perpectivas latino-americanas. Colección Sur Sur, Clacso, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Argentina. 2005. (pp. 33-49).

MONAL, Isabel. “Gramsci, a sociedade civil e os grupos subalternos”. In COUTINHO, Carlos Nelson; TEIXEIRA, Andreia de Paula. Ler Gramsci, entender a realidade. – Rio de Janeiro : Civilização Brasileira, 2003. [pp.189-199].

MONTÚFAR, Marco Cordova, “El sentido de lo urbano em América Latina”. In MONTÚFAR, Marco Cordova. Lo urbano en su complejidad: una lectura desde América Latina. - 1ª ed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2008. [pp. 11-33].

MORAIS, Luana Carvalho. Ferrovia e Cidade, Progresso e Modernidade: A Estação Central da Estrada de Ferro de Baturité em Fortaleza– 1873-1917. Dissertação (mestrado) – Pós-graduação em História e Culturas do Centro de Humanidades da Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2010.

MOREIRA, Vânia Moreira. “Os anos JK: industrialização e modelo oligárquico de desenvolvimento rural” In FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucília de Almeida Neves [Org]. O Brasil Republicano. O tempo da experiência democrática: da democratização de 1945 ao golpe civil militar de 1964. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

MORENO, Alejandro, “Superar a exclusão, conquistar a equidade: reformas, políticas e capacidades no âmbito social”. In: LANDER, Edgardo (org.) A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perpectivas latino-americanas. Colección Sur Sur, Clacso, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Argentina. 2005. [pp.88-94].

MOURIAUX, René; BEROUD, Sophie. “Para uma definição do conceito de movimento social”. in LEHER, Rroberto; SETÚBAL, Mariana [org]. Pensamento crítico e Movimentos Sociais: diálogos para uma nova práxis. São Paulo: Cortez, 2005.

MURILLO, Gabriel, “La relación entre estabilidad estatal y la regeneración urbana: el contraste entre la gestión presidencial y la gestión municipal de las grandes ciudades latinoamericanas”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. [pp. 59-76].

NATAL, Jorge. “Mudanças recentes do capitalismo mundial e brasileiro: alguns desdobramentos espaciais”. In NATAL, Jorge. [Org]. Território e Planejamento: 40 anos de IPPUR/UFRJ. - 1ª ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: IPPUR, 2011. [pp. 69-88].

NERI, Marcelo. Miséria e a nova classe média na década da igualdade. Rio de Janeiro: CPS/FGV, 2008.

NETO, Clovis Ramiro Jucá. “Desenhando o Ceará” (PDF). Universidade de São Paulo. 2010.

NEVES, Frederico de Castro. “A seca na história do Ceará”. In SOUZA, Simone; GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. [pp. 76-102].

NUNES, Brasilmar Ferreira; VELOSO, Letícia. GUETOS E FAVELAS: Recorrência do “déficit” de territórios nas metrópoles contemporâneas. In: ANPOCS. 34º Encontro Anual da Anpocs, 2010. Disponível em: http://www.anpocs.org/portal/index.php?option=com_docman&task=doc_view&gid=1335&Itemid=350. Acesso em: 14/08/2013.

NUNES, Brasilmar. Ferreira; SILVA, Inae Magno, “Direito à moradia e questão habitacional no Brasil: o caso da cidade Estrutural”. In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 155-173].

OLIVEIRA, Alex Feitosa. A efetividade dos direitos fundamentais à habitação, meio ambiente urbano e participação popular e as obras urbanas de suporte aos megaeventos esportivos. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Direito, Fortaleza, 2014.

OLIVEIRA, Elaine Gouveia. A Copa do Mundo FIFA 2014 e o direito à moradia adequada: um estudo das remoções forçadas na execução do projeto do VLT Parangaba-Mucuripe em Fortaleza-CE. Monografia (graduação). Bacharelado em Direito. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2013.

OLIVEIRA, Fabricio Leal. “Os novos planos diretores municipais brasileiros: uma avaliação preliminar”. In NATAL, Jorge. [Org]. Território e Planejamento: 40 anos de IPPUR/UFRJ. - 1ª ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: IPPUR, 2011. [pp 655-675].

OLIVEIRA, Fabricio Leal; BIASOTTO, Rosane, “O acesso à terra urbanizada nos planos diretores brasileiros”. In SANTOS JUNIOR, Orlando Alves.; MONTANDON, Daniel Todtmann. (Orgs.). Os planos diretores municipais pós-estatuto da cidade: balanço crítico e perspectivas. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Cidades: IPPUR/IFRJ, 2011. [pp. 57-97].

OLIVEIRA, Francisco de. Crítica à razão dualista; O ornitorrinco, São Paulo: Boitempo Editorial, 2003.

OLIVEIRA, Francisco de. Momento Lênin, Revista Novos Estudos-CEBRAP, Julho 2006. Disponível em: http://www.cebrap.org.br/imagens/Arquivos/o_momento_lenin.pdf

ORIÁ, Ricardo, “Fortaleza: os lugares de memória”. In SOUZA, Simone; GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. [pp. 237-257].

PARENTE, Josênio. “O Ceará dos ‘coronéis’ (1945 a 1986)”. In SOUZA, S.; GONÇALVES, A [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. p: 381-408.

PASSERON, Jean-Claude. O Raciocínio Sociológico. Petrópolis : VOZES, 1996.

PASTERNAK, Suzana, “Análise comparativa da questão da habitação nas metrópoles”. In RIBEIRO, Luís Cesar Queiroz; SANTOS JUNIOR, Orlando Alves. (Orgs), As metrópoles e a questão social brasileira. - Rio de Janeiro : Revan, Fase, 2007. [pp. 233-236].

PEQUENO, Luiz Renato Bezerra; ARAGÃO, Thêmis. “Dimensão habitacional da Região Metropolitana de Fortaleza”. In PEQUENO, Luiz Renato Bezerra [org]. Como anda Fortaleza. – Rio de Janeiro: LetraCapital: Observatório das Metrópoles, 2009. p: 69-96.

PEQUENO, Renato. “Condições de moradia e desigualdades socioespaciais: o caso de Fortaleza”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato, [Orgs]. Fortaleza: transformações na ordem urbana. - 1. ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2015b [pp.238-282].

PEQUENO, Renato. “Mudanças na estrutura socioespacial da metrópole: Fortaleza entre 2000 e 2010”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato, [Orgs]. Fortaleza: transformações na ordem urbana. - 1. ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2015. [pp.187-237].

PEQUENO, Renato. “Projetos e obras da Copa 2014 diante da política urbana de Fortaleza”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria. (Orgs). Fortaleza: os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp. 17-56].

PEREIRA JÚNIOR, Edilson, “Dinâmicas territoriais no Ceará e na Região Metropolitana de Fortaleza – um olhar orientado pelo processo de industrialização”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato, [Orgs]. Fortaleza: transformações na ordem urbana. - 1. ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2015. [pp. 77-110].

PEREIRA, Alexandre Queiroz; ARAÚJO, Enos Feitosa; SILVEIRA, Bruno Rodrigues da, “Cidade, turismo e Copa 2014: da infraestrutura aos eventos em Fortaleza-CE” In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria (Orgs). Fortaleza : os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp. 83-103].

PEREIRA, Alexandre Queiroz; COSTA, Maria Clélia Lustosa, “Desigualdade, vulnerabilidade social e organização espacial na Região Metropolitana de Fortaleza”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato, [Orgs]. Fortaleza: transformações na ordem urbana. - 1. ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2015b [pp.306-331].

PEREIRA, Maria Florice Raposo; DANTAS, Eustógio Wandreley Correia. Dinâmica do crescimento populacional. In: PEQUENO, Luiz Renato Bezerra. Como anda Fortaleza. Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles. 2009. (pp. 41-53).

PINHEIRO, Francisco José, “Mundos em confronto: povos nativos e europeus na disputa pelo território”. In SOUZA, Simone; GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. [pp. 17-55].

PINHEIRO, Valéria. “A cidade em movimento: arranjos institucionais, arenas decisórias e resistências urbanas em função do projeto copa em Fortaleza” In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria (Orgs). Fortaleza: os impactos da copa do mundo

- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp. 105-143].

PINHEIRO, Valéria. A luta coletiva pelo direito à cidade no contexto dos megaeventos em Fortaleza-Ceará. Dissertação (Mestrado) – IPPUR/UFRJ, Rio de Janeiro, 2014.

PONTE, Sebastião Rogério. “A Belle Époque em Fortaleza : remodelação e controle” In SOUZA, Simone; GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. (p. 162-191)

POUPART, Jean. “A entrevista de tipo qualitativo: considerações epistemológicas, teóricas e metodológicas In POUPART, Jean. et al. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Trad. Ana Cristina Nasser. Petrópolis: Vozes, 2008.

POUPART, Jean. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Tradução de Ana Cristina Nasser. Petrópolis, Rj: Vozes, 2008.

QUIJANO, Aníbal. “Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina” In: A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino-americanas. Edgardo Lander (org). Colección Sur Sur, CLACSO, Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Argentina. setembro 2005.

QUIJANO, Aníbal; WALLERSTEIN, Immanuel. “Americanity as a concept or the Americas in the modern world-system” in International Social Science Journal (Paris: UNESCO) n. 134, novembro 1992. (pp 549-557).

RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro: A formação e o sentido do Brasil. - São Paulo : Companhia das Letras, 1995.

RIBEIRO, Luís Cesar Queiroz. “Cidade, nação e mercado: gênese e evolução urbana no Brasil”. In NATAL, Jorge [Org]. Território e Planejamento: 40 anos de IPPUR/UFRJ. - 1ª ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital:

IPPUR, 2011. [pp 41-68].

RIBEIRO, Luís Cesar Queiroz. “Metrópoles, Reforma Urbana e desenvolvimento nacional”. In RIBEIRO, Luís Cesar Queiroz; SANTOS JUNIOR, Orlando Alves. (Orgs), As metrópoles e a questão social brasileira. - Rio de Janeiro : Revan, Fase, 2007. [pp. 21-50].

RICCI, Rudá. “Fim da era dos movimentos sociais brasileiros”. Folha de São Paulo – Debate, 20/10/2009. Disponível em: http://www.geledes.org.br/em-debate/fim-da-era-dos-movimentos-sociais-brasileiros.html. Documento eletrônico acessado em: 28/7/2010. [Endereço não disponível].

RISÉRIO, Antonio. A Cidade no Brasil. – São Paulo: Editora 34, 2012.

RITZER, George. The McDonaldization of Society, Thousand Oaks, California: Pine Forge. 2000.

RIZEK, Cibele Saliba; AMORE, Caio Santo; CAMARGO, Camila Moreno, “Política habitacional e políticas sociais: urgências, direitos e negócios”. In CARLOS, Ana Fani Alessandri; VOLOCHKO, Danilo; ALVAREZ, Isabel Pinto [Orgs]. A cidade como negócio. - São Paulo : Contexto, 2015. [pp. 165-184].

ROBERTSON, Roland. “Glocalización: tiempo-espacio y homogeneidad heterogeneidad”. Cansancio del Leviatán : problemas políticos de la mundialización/ coord. por Juan Carlos Modedero, 2003. págs. 261-284.

ROBERTSON, Roland. Globalização: teoria social e cultura global. Petrópolis, RJ : Vozes.1999.

RODRIGUES, Evaniza, “Gestão democrática das cidades e a participação dos movimentos sociais urbanos no Brasil”. In MONTÚFAR, Marco Cordova. Lo urbano en su complejidad: una lectura desde América Latina. - 1ª ed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2008. [pp. 181-201].

RODRÍGUEZ, Alfredo; SUGRANYES, Ana, “El problema de vivienda de los com techo”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. [pp. 77-95].

ROIO, Marcos Del. “A teoria da Revolução Brasileira: tentativa de particularização de uma revolução burguesia em processo” In ROIO, Marcos D; QUARTIM, João. [Orgs]. História do Marxismo no Brasil – vol. IV – Visões do Brasil. Campinas, SP. Editora da Unicamp, 2000.

ROIO, Marcos Del. “Gramsci e a emancipação do Subalterno”. Revista Sociologia e Política, Curitiba, 29, p. 63-78, nov. 2007. [pp. 63-78].

ROLNIK, Raquel. “As vozes das ruas: as revoltas de junho e suas interpretações”. In MARICATO, Ermínia; HARVEY, David; DAVIS, Mike; et al. Cidades rebeldes: Passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. São Paulo : Boitempo Editorial, 2013. [pp. 9-16].

ROMEIRO, Paulo Somlanyi; FROTA, Henrique Botelho. (Orgs). Megaprojetos de impacto urbano e ambiental: violação de direitos, resistência e possibilidades de defesa das comunidades impactadas. Colaboração de Nelson Saule Junior e Stacy Natalie Torres da Silva – São Paulo: IBDU, 2015.

RUFINO, Beatriz. Incorporação da Metrópole: centralização do capital no imobiliário e nova produção de espaço em Fortaleza. Tese (Doutorado) – FAUUSP – São Paulo, 2012.

SANFELICI, Daniel. “As escalas de acumulação na produção das cidades”. In CARLOS, Ana Fani Alessandri; VOLOCHKO, Danilo; ALVAREZ, Isabel Pinto [Orgs]. A cidade como negócio. São Paulo : Contexto, 2015. [pp. 121-144].

SANTOS JUNIOR, Orlando Alves. “Políticas públicas, arenas e atores sócias: o fórum nacional de reforma urbana e a agenda pelo direito à cidade”. In NATAL, Jorge. [Org]. Território e Planejamento: 40 anos de IPPUR/UFRJ. - 1ª ed. - Rio de Janeiro: Letra Capital: IPPUR, 2011. [pp. 279-302].

SANTOS JUNIOR, Orlando Alves; GAFFNEY, Christopher. “Apresentação”. In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria (Orgs). Fortaleza: os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp. 9-15].

SANTOS JUNIOR, Orlando Alves; MONTANDON, Daniel Todtmann. “Síntese, desafios e recomendações”. In SANTOS JUNIOR, Orlando Alves; MONTANDON, Daniel Todtmann (Orgs.). Os planos diretores municipais pós-estatuto da cidade: balanço crítico e perspectivas. Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Cidades: IPPUR/IFRJ, 2011. [pp. 27-55].

SASSEN, Saskia. Sociologia da Globalização. Tradução Ronaldo Cataldo Costa. Porto Alegre: Artmed. 2010.

SCHWARCZ, Lilia; STARLING, Heloisa. Brasil: uma biografia. - São Paulo : Companhia das Letras, 2015.

SENNETT, Richard. Carne e pedra: o corpo e a cidade na civilização ocidental. Rio de Janeiro : Editora Record, 2006.

SILVA, José Borzacchiello. “A cidade contemporânea no Ceará”. In SOUZA, Simone; GONÇALVES, Adelaide [Orgs.]. Uma nova história do Ceará, 4ª Ed. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2007. p: 215-236.

SILVA, José. Borzacchiello; SILVA, Eciane Soares; SANTOS, Marlon Cavalcante, “Comércio informal no jogo formal: a dinâmica do comércio nos circuitos da economia urbana na Copa do Mundo 2014, em Fortaleza/CE” In COSTA, Maria Clélia Lustosa; PEQUENO, Renato; PINHEIRO, Valéria (Orgs). Fortaleza: os impactos da copa do mundo 2014.- Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2015. [pp.215-232].

SINGER, André. Piauí_49 [tribuna livre da luta de classes] O lulismo e seu futuro. Disponível em: http://piaui.folha.uol.com.br/materia/o-lulismo-e-seu-futuro/. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2017. [Endereço não disponível].

SINGER, Paul. Economia política da urbanização. São Paulo: Editora Contexto, 1998.

SOARES, Luís Severo. “O fio de Ariadne e o desatar dos nós do turismo urbano”. In CARLOS, Ana Fani Alessandri; VOLOCHKO, Danilo; ALVAREZ, Isabel Pinto [Orgs]. A cidade como negócio. - São Paulo : Contexto, 2015. [pp. 227-246].

SOUZA, Lia Bezerra Araújo. O Licenciamento ambiental à luz da Justiça Ambiental e o caso do Veículo Leve Sobre Trilhos. Monografia (graduação). Bacharelado em Direito. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza, 2013.

SOUZA, Marcelo Lopes. “Semântica urbana e segregação: disputa simbólica e embates políticos na cidade ‘empresarialista’”. In: VASCONCELOS, Pedro de Almeida; CORRÊA, Roberto Lobato; PINTAUDI, Silvana Maria. (orgs.). A cidade contemporânea: segregação espacial. – São Paulo : Editora Contexto, 2013. [pp. 127-146].

SOUZA, Marcelo Lopes. ABC do desenvolvimento urbano. 7ª ed. - Rio de janeiro : Bertrand Brasil, 2013b.

SPIVAK, Gayatri C. Pode o subalterno falar? ; Tradução de Sandra Regina Goulart Almeida, Marcos Pereira Feitosa, André Pereira Feitosa. - Belo Horizonte : Editora UFMG, 2010.

SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão. “Segregação socioespacial e centralidade urbana”. In VASCONCELOS, Pedro de Almeida; CORRÊA, Roberto Lobato; PINTAUDI, Silvana Maria. (Orgs.). A cidade contemporânea: segregação espacial. – São Paulo : Editora Contexto, 2013. [pp. 61-93].

STUDART, Guilherme, Barão de. Datas e factos para a história do Ceará. Edição fac-sim. – edição de 1896. Fundação Waldemar Alcântara. 2001.

SUBIRÓS, Josep, “Estrategias culturales y renovación urbana: la experiência de Barcelona”. In CARRIÓN, Fernando Mena; HANLEY, Lisa. Regeneración y revitalización urbana en las Américas: hacia un estado estable. 1ª ed. - Quito : Flacso-Sede Ecuador, 2005. [pp. 111-145].

THOMPSON, E. P. A Formação da Classe Operária Inglesa. v.I, v.II e v.III. Tradução Denise Bottmann. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1997.

TOLEDO, Caio Navarro. ISEB, fábrica de ideologias. São Paulo, Ática, 1977.

VAINER, Carlos. “Como serão nossas cidades após a Copa e as Olimpíadas?” In FERNANDERS, Luís; JENNINGS, Andrews; ROLNIK, Raquel. Brasil em jogo: o que fica da Copa e das Olimpíadas? – São Paulo: Carta Maior : Boitempo Editorial, 2014.

VALENCIA, Diego Aulestia, “Medios de vida urbanos y vivienda em Ecuador”, In ESPINOSA, Jaime Fabián Erazo. Inter/secciones urbanas: origen y contexto en América Latina. - 1ªed. - Quito: Flacso-Sede Ecuador, 2009. [pp. 195-215].

VASCONCELOS, Pedro de Almeida.; “Contribuição para o debate sobre processos e formas socioespaciais nas cidades.” In VASCONCELOS, Pedro de Almeida; CORRÊA, Roberto Lobato; PINTAUDI, Silvana Maria (orgs.). A cidade contemporânea: segregação espacial. – São Paulo : Editora Contexto, 2013. [p. 17-37].

VASCONCELOS, Pedro de Almeida; CORRÊA, Roberto Lobato; PINTAUDI, Silvana Maria (orgs.). “A produção e reprodução e reprodução da cidade como negócio e segregação”. In: CARLOS, Ana Fani Alessandri; VOLOCHKO, Danilo; ALVAREZ, Isabel Pinto. [Orgs]. A cidade como negócio. - São Paulo : Contexto, 2015. [pp. 65-79].

VASCONCELOS, Pedro de Almeida; CORRÊA, Roberto Lobato; PINTAUDI, Silvana Maria (orgs.). O espaço urbano. 4ª ed. São Paulo: Editora Ática, 1999.

VIANA, Larissa de Alcântara. “Copa do Mundo FIFA 2014 e os impactos na vida da população de baixa renda em Fortaleza-CE”. Revista de Direito da Cidade, vol.07, nº 02. 2015.

VIANA, Larissa de Alcântara. Da conquista à resistência: Copa do Mundo, Moradia, Remoções e Movimentos Sociais em Fortaleza-CE. Dissertação (mestrado) – FAUUSP – São Paulo, 2015.

VILLAÇA, Flávio. Uma contribuição para a história do planejamento urbano no Brasil. In: DEÁK, Csaba; SCHIFFER, Sueli Ramos. (Orgs.). O processo de urbanização no início do século XXI”. São Paulo: FUPAM, Edusp, 1999, p. 169-244.

VILLAÇA, Flávio. Efeitos do espaço sobre o social na metrópole brasileira. In: SOUZA, Maria Adélia Aparecida; LINS, Sônia Correia; SANTOS, Maria de Pilar Costa; SANTOS, Murilo da Costa. Metrópole e globalização: conhecendo a cidade de São Paulo. São Paulo: Ed. Cedesp, 1999, p. 221-236.

VOLOCHKO, Danilo. “A moradia como negócio e a valorização do espaço urbano metropolitano”. In CARLOS, Ana Fani Alessandri; VOLOCHKO, Danilo; ALVAREZ, Isabel Pinto [Orgs]. A cidade como negócio. - São Paulo : Contexto, 2015. [pp. 97-120].

WACQUANT, Loic. As Prisões da Miséria. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

WACQUANT, Loic. Os condenados da cidade: estudos sobre marginalidade avançada. 2ª ed. Tradução de, João Roberto Martins Filho et al. - Rio de Janeiro : Revan; FASE, 2005.

WACQUANT, Loic. Punir os pobres: a nova gestão da miséria nos Estados Unidos. [s.l.]: Freitas Bastos Editora, 2001.

WALLERSTEIN, Immanuel. “Paz, estabilidad y legitimidad, 1990-2025/2050”. Traducción de Ricardo Yocelevsky. Argumentos. Estudios críticos de la sociedad, UAM-Xochimilco, México, núm. 22, abril de 1995.

WALLERSTEIN, Immanuel. “Robinson’s critical appraisal appraised” International Sociology nº 27: 2012. [pp.524-528].

WALLERSTEIN, Immanuel. “The Actor and World-Systems Analysis: Comments on Blau and Wieviorka” : Contemporary sociology [0094-3061] vol:34 iss:1. 2005.

WANDERLEY, M. B. (Orgs). As metamorfoses da questão social: uma crônica do salário. Tradução de Iraci D. Poleti. - Petrópolis, RJ : Vozes, 1998.

WOOD, Ellen Meiksins. A Origem do Capitalismo. Rio de Janeiro : Jorge Zahar, 2001.

ZIBECHI, Raul. Autonomias y Emancipaciones: America Latina en Movimiento. - Ciudad de México – Bajo Tierra Ediciones, 2011.

ZIBECHI, Raul. Brasil potência: entre a integração regional e um novo imperialismo. Rio de Janeiro : CONSEQUÊNCIA, 2012.

Entrevistas e depoimentos

ADVOGADA P. Comitê Popular da Copa. Entrevista [28 de junho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (54min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA A. Comunidade do Lagamar. Entrevista [1º de agosto de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (51min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA C. Comunidade Trilha do Senhor. Entrevista [5 de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (2h17min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA D. Comunidade Dom Oscar Romero. Depoimento [5 de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (2h17min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA E, Comunidade São Vicente de Paula. Depoimento [5 de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (2h17min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA G. Comunidade Mucuripe. Entrevista [18 de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (36min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADOR I. Comunidade Lauro Vieira Chaves. Entrevista [24 de junho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (54min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA J.C. Comunidade Pau Pelado. Depoimento [1º de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (1h28min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA J. Comunidade Pau Pelado/Cidade Jardim. Depoimento [1º de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (1h28min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA L. Comunidade Pau Pelado. Depoimento [1º de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (1h28min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA M. Comunidade Trilha do Senhor. Depoimento [5 de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (2h17min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA N. Comunidade Dom Oscar Romero. Depoimento [5 de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016) Arquivo mp3 (2h17min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADORA P. Comunidade do Pio XII. Depoimento [5 de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (2h17min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADOR R. Comunidade Pau Pelado. Depoimento [1º de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (1h28min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADOR S. Comunidade Trilha do Senhor. Depoimento [5 de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (2h17min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

MORADOR T. Comunidade Pau Pelado. Depoimento [1º de julho de 2016]. Entrevistador: Pedro da Costa Junior. Fortaleza (2016). Arquivo mp3 (1h28min). Entrevista concedida para a elaboração da Tese de Doutorado do entrevistador.

Outras fontes

ADERALDO, Daniel. Ceará aposta em aquário para virar 2º destino turístico do Nordeste. IG Ceará. Fortaleza, Ceará. 5 jun. 2011. Disponível em: http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/ce/ceara+aposta+em+aquario+para+virar+2+destino+turistico+do+nordeste/n1597001407470.html. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

APÓS licitação, empresa desiste de obras do VLT – Cidade – Diário do Nordeste.04 jan. 2015. Disponível em: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/cidade/apos-licitacao-empresa-desiste-de-obras-dovlt-1.1188904. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

ARTICULAÇÃO DOS COMITÊS POPULARES DA COPA E OLIMPÍADAS – ANCOP. Dossiê Megaeventos e Violações dos Direitos Humanos no Brasil (2014), Fundação Heinrich Böll/Fundo Brasil de Direitos Humanos 2014.

BANCO DO NORDESTE. Prodetur – Apresentação. Disponível em: http://www.bnb.gov.br/content/aplicacao/PRODETUR/Apresentacao/gerados/apresentacao.asp. Documento eletrônico acessado em: 3/8/2010. [Endereço não disponível]

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. BNDES e governo do Ceará assinam contrato de financiamento para reforma do Castelão -. Disponível em: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Sala_de_Imprensa/Noticias/2010/esportes/20101213_castelao.html. Documento eletrônico acessado em: 17 set. 2012. [Endereço não disponível].

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. Programa BNDES de Arenas para a Copa do Mundo de 2014 - BNDES ProCopa Arenas. Brasil. Disponível em: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Apoio_Financeiro/Programas_e_Fundos/procopaarenas.html. Documento eletrônico acessado em: 17 set. 2012. [Endereço não disponível].

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. Programa BNDES de Turismo para a Copa do Mundo de 2014 - BNDES ProCopa Turismo -. Disponível em: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Apoio_Financeiro/Programas_e_Fundos/ProCopaTurismo/ Documento eletrônico acessado em: 17 set. 2012. [Endereço não disponível].

BBC BRASIL. “Efeito UPP” faz aluguel aumentar mais em favelas do que no restante do Rio. – 16 jul. 2011 – BBC Brasil– Notícias -. Disponível em: http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2011/11/111116_favelas_aluguel_rp.shtml. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

BRASIL, Governo do. - No Rio, Gilberto Carvalho faz coletiva sobre democracia e grandes eventos — Secretaria Geral da Presidência da República. Brasília. 10 jul. 2014. Disponível em: http://www.secretariageral.gov.br/noticias/2014/julho/gilberto-carvalho-faz-coletiva-sobredemocracia-e-grandes-eventos. Documento eletrônico acessado em: 16 abr. 2015. [Endereço não disponível].

BRASIL, Governo do. Desapropriações e deslocamentos involuntários* na copa fifa 2014. Secretaria Geral da Presidência da República. Brasília. 10 jul. 2014. [documento online] Disponível em: http://www.secretariageral.gov.br/noticias/2014/julho/gilberto-carvalho-faz-coletiva-sobre-democraciae-grandes-eventos/copa_2014_desapropriacoes-final-1.pdf. Documento eletrônico acessado em: 14 abr. 2015. [Endereço não disponível].

BRUNO, Elias. População reage à visita do governador Cid Gomes em Fortaleza. Portal G1. Fortaleza, Ceará. 3 ago, 2013. Disponível em: http://g1.globo.com/ceara/noticia/2011/08/cid-gomes-negocia-desapropriacao-de-moradoresem-fortaleza.html. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

CANÔNICO, Leandro. Teixeira conclama governo a colaborar com organização da Copa –-UOL Esporte – Futebol. UOL Esporte. 30 out. 2007. Disponível em: https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas/2007/10/30/ult59u135237.jhtm. Documento eletrônico acessado em: 31 jul.2019.

CAVALCANTE, Rodrigo. Primeira reunião do CapCopa acontece nesta quinta-feira (18) - Notícias. TRIBUNA DO CEARÁ. Fortaleza, Ceará. 17 ago. 2011. Disponível em: http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/ceara/primeira-reuniao-do-capcopa-acontece-nesta-quinta-feira/. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

CEARÁ, Governo do. 5.536 famílias são beneficiadas com construção do Cidade Jardim. Estado do Ceará. 10 dez. 2012. Disponível em: http://www.ceara.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/7171-5536-familias-saobeneficiadas-com-construcao-do-cidade-jardim-. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2017. [Endereço não disponível].

CEARÁ, Governo do. Anel Viário: Governo do Estado e DNIT planejam retomada da obra. Governo do Estado do Ceará. 4 out. 2016. Disponível em: http://www.ceara.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/18180-anelviario-governo-do-estado-e-dnit-planejam-retomada-da-obra. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2017. [Endereço não disponível].

CEARÁ, Governo do. Edital de Concorrência Pública Nº 20110009/SEINFRA/CCC. Disponível em: http://www.portaldatransparencia.gov.br/copa2014/gestor/download?idAnexo=40577. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2017. [Endereço indisponível].

CEARÁ, Governo do. Estudo de Impacto Ambiental – Relatório de Impacto Ambiental – Projeto do Veículo Leve sobre Trilhos – VLT – Fortaleza/CE. Tomos A, B e C. Superintendência Estadual do Meio Ambiente: Fortaleza, 2011.

CEARÁ, Governo do. Estudo de viabilidade do Projeto de enlace ferroviário Fortaleza Mucuripe, Estado do Ceará, Brasil ANEXO DEMANDA. Fortaleza, 2011. [43 pp].

CEARÁ, Governo do. Lei Estadual No 15.056 de 06 de dezembro de 2011. Diário Oficial (do Governo do Ceará), Fortaleza, CE, Série 3, ano III, No 235, 12 de dezembro de 2011. p. 5. Disponível em: http://goo.gl/DZjhvf. Documento eletrônico acessado em: 31 jun. 2019.

CEARÁ, Governo do. Lei Estadual No 15.194 de 19 de julho de 2012. Diário Oficial (do Governo do Ceará), Fortaleza, CE, Série 3, ano IV, nº 140, 24 de julho de 2012. p. 2-3. Disponível em: http://goo.gl/85iV6k. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

CEARÁ, Governo do. SEINFRA/METROFOR. Governo adapta projeto de linha Parangaba-Mucuripe para diminuir impactos, 2012. Disponível em: http://goo.gl/FHtL3R. Documento eletrônico acessado em: 17 ago. 2014. [Endereço não disponível].

CEARÁ, Governo do. Obras do VLT serão retomadas com um novo plano de ações. Governo do Estado do Ceará. Disponível em: http://www.ceara.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/12375-obras-do-vlt-seraoretomadas-com-um-novo-plano-de-acoes. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2017. [Endereço não disponível].

CEARÁ, Governo do. PROJETO RAMAL PARANGABA-MUCURIPE – VLT. Um grande passo para melhorar a mobilidade urbana. Fortaleza: 2013. 48 p. Disponível em: http://goo.gl/oXKKJb. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

COMITÊ POPULAR DA COPA. Copa do Mundo em Fortaleza – quem ganha com esse jogo? (Cartilha), 2011. Disponível em: http://raquelrolnik.files.wordpress.com/2011/07/cartilha-sobre-a-copa-fortaleza.pdf. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

COPA pode provocar despejo de 250 mil pessoas, afirmam ONGs - BBC Brasil – Notícias. 14/06/2013. Disponível em: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/06/130614_futebol_despejos_cm_bg.shtml. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

DEFENSORES Públicos defendem 5.000 famílias do VLT e da especulação imobiliária. Disponível em http://terradedireitos.org.br/biblioteca/ceara-defensores-publicos-defendem-5-000-familias-do-vlte-daespeculacao-imobiliaria/. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2017. [Endereço indisponível].

DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO. Estudo Sociológico, Vínculos sociais de comunidades passíveis de remoção pelo Projeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Fortaleza, Estado do Ceará, 2013.

VASCONCELOS, Paola: “Plano Diretor lançado sem novidades”. Diário do Nordeste - seção Cidade. Fortaleza, Ceará. 14 mar. 2009. Disponível em: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=622393. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

DINIZ, Késya. Procuradora da República: “Visita de Cid Gomes à comunidade foi ‘constrangimento absurdo’”. 3 ago 2011. Disponível em: http://www.politicacomk.com.br/visita-de-cid-gomesa-comunidade-foi-constrangimento-absurdo-diz-procuradorada-republica/. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2019.

FERNANDES, Camila. Construtoras bancaram campanha de Luizianne em Fortaleza. FOLHA Online - Brasil – 30 nov. 2008. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u473392.shtml. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Nota técnica 1 - Déficit habitacional no brasil 2011-2012: resultados preliminares. Julho de 2014. Disponível em: http://www.fjp.mg.gov.br/index.php/docman/cei/deficit-habitacional/363-deficit-nota-tecnica-dh-2012/file. Documento eletrônico acessado em: 15 de abril de 2015. [Endereço não disponível].

FURTADO, Ane. Batido o martelo: estaleiro não vai ficar em Fortaleza – Negócios – Diário do Nordeste. 18 jun. 2010. Disponível em: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/negocios/batidoo-martelo-estaleiro-nao-vai-ficar-em-fortaleza-1.282136. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2019. [Endereço não disponível].

GARÇONI, Ines. Vidigal atrai moradores ilustres e ganha status de favela chique – 18 jun. 2013 – Jornal O Globo. Disponível em: https://oglobo.globo.com/rio/vidigal-atrai-moradores-ilustres-ganha-status-defavela-chique-8412639#ixzz2qacydxfd. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019. [Endereço não disponível].

GOMBATA, Marsílea. Haiti serviu como laboratório para a política de UPPs – 07 ago. 2014 — CartaCapital Internacional. Disponível em: https://www.cartacapital.com.br/internacional/haiti-serviu-comolaboratorio-para-a-politica-de-upps-7604.html. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

GOVERNO do Estado não tem previsão para retomar obras do VLT | O POVO. Fortaleza, Ceará. 30 jan. 2015. Disponível em: http://www.opovo.com.br/app/opovo/cotidiano/2015/01/30/noticiasjornalcotidiano,3385109/governo-do-estado-nao-tem-previsao-para-retomar-obras-do-vlt.shtml. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

GRUDGINGS, Stuart. ONGs criticam coronel que chamou polícia de “inseticida social”. Redação Reuters. Disponível em: http://br.reuters.com/article/domesticNews/idBRB29927520080416. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

MARTINS, Helena. Atingidos por grandes eventos iniciam encontro em Belo Horizonte. Agência Brasil – Últimas notícias do Brasil e do mundo. Belo Horizonte. 1 mai. 2014. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2014-05/atingidos-por-grandes-eventos-iniciam-encontroem-belo-horizonte. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

METROFOR. Metrô de Fortaleza e Seinfra lançam cartilha explicativa sobre VLT Parangaba-Mucuripe.03/04/2013. Disponível em: http://www.metrofor.ce.gov.br/index.php/noticias/43922-metro-de-fortaleza-eseinfra-lancam-cartilha-explicativa-sobre-vlt-parangaba-mucuripe. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2017. [Endereço não disponível].

METROFOR. VLT: Nova licitação para retomada das obras acontece amanhã. 9 dez. 2014. Disponível em: http://www.metrofor.ce.gov.br/index.php/noticias/43988-vlt-nova-licitacao-para-retomada-das-obrasacontece-amanha. Documento eletrônico acessado em: 26 jul. 2017. [Endereço não disponível].

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES, BRICS. Programme. Disponível em: http://brics.itamaraty.gov.br/programme. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2017. [Endereço não disponível].

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. MPF/CE aponta irregularidades na execução da obra do VLT para Copa do Mundo 2014. Estado do Ceará. 20 jul. 2011. Disponível em: http://www.mpf.mp.br/ce/sala-deimprensa/noticias-ce/mpf-ce-acao-aponta-irregularidades-na-execucaoda-obra-do-vlt-para-a-copa-do-mundo-2014. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. MPF/CE promove reunião com responsáveis pelo VLT e as comunidades atingidas. Estado do Ceará. 13 jul. 2012. Disponível em: http://www.mpf.mp.br/ce/sala-de-imprensa/noticias-ce/mpf-ce-promove-reuniao-com-responsaveis-pelo-vlt-e-ascomunidades-atingidas. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL. MPF/CE recomenda à Seinfra cobrança de recursos federais relacionados à obra de VLT. Estado do Ceará. 21 nov. 2016. Disponível em: http://www.mpf.mp.br/ce/sala-de-imprensa/noticias-ce/mpf-recomenda-a-seinfra-cobranca-de-recursos-federaisrelacionados-a-obra-de-vlt. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

MINISTÉRIO PUBLICO FEDERAL. MPF/CE quer suspensão de repasses para obras do VLT de Fortaleza até apresentação de Plano de Reassentamento. Estado do Ceará. 5 set. 2013. Disponível em: http://www.mpf.mp.br/ce/sala-de-imprensa/noticias-ce/mpf-ce-quer-suspensao-derepasses-para-obras-do-vlt-de-fortaleza-ate-apresentacao-de-plano-dereassentamento. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

NIGÉRIA FILMES. Areia Loteada. (vídeo curta-metragem). 2014. Disponível em: http://www.nigeriafilmes.com/project/areia-loteada/. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

OBRAS DO VLT serão completamente retomadas ainda este mês, diz Seinfra. O POVO Online. Disponível em: http://opovo.com.br/app/fortaleza/2016/03/02/noticiafortaleza,3582604/obras-do-vlt-seraocompletamente-retomadas-ainda-este-mes-diz-seinfra.shtml. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2017. [Endereço não disponível].

O POVO Online – Tasso critica Governo Cid e ironiza PAC de Lula. Fortaleza, Ceará. 26 jun. 2006. Disponível em: http://opovo.uol.com.br/app/politica/2010/06/26/int_politica,2014440/tasso-critica-governo-cide-ironiza-pac-de-lula.shtml. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2010. [Endereço não disponível].

CORIOLANO, Ítalo “Entidades querem Plano Diretor votado em 2008”. O POVO Online: seção Política: 24/10/2008. Disponível em: http://www.opovo.com.br/opovo/politica/830699.html Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2010. [Endereço não disponível].

O POVO Online: “Salmito promete investigação sobre mudanças no Plano Diretor”. Ítalo Coriolano, seção Política: 17/03/2009. Disponível em: http://www.opovo.com.br/opovo/politica/863247.html. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2010. [Endereço não disponível].

ONUHABITAT. Estados de las ciudades de América Latina e el Caribe 2012. Disponível em: http://www.onuhabitat.org/index.php?option=com_docman&task=cat_view&gid=362&Itemid=18. Documento eletrônico acessado em: 17 set. 2012. [Endereço não disponível].

PREFEITURA DE FORTALEZA. Obras do Cuca I têm início segunda-feira. Fortaleza, Ceará. 15 mai. 2008. Disponível em: http://www.fortaleza.ce.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=8096. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2010. [Endereço não disponível].

PREFEITURA DE FORTALEZA. OP Fortaleza recebe prêmio internacional. Fortaleza, Ceará. 24 nov. 2006. Disponível em: http://www.fortaleza.ce.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=3093&Itemid=12. Documento eletrônico acessado em: 2 ago. 2010. [Endereço não disponível].

PREFEITURA DE FORTALEZA. “Prefeitura de Fortaleza entrega 240 chaves do Residencial Vila do Mar III”. Fortaleza, Ceará. 28 dez. 2018. Disponível em: https://www.fortaleza.ce.gov.br/noticias/prefeiturade-fortaleza-entrega-240-chaves-do-residencial-vila-do-mar-iii-nestesabado. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

PREFEITURA DE FORTALEZA. “Tem início Congresso do Plano Diretor”. Fortaleza, Ceará. 29 jan. 2007. Disponível em: http://www.fortaleza.ce.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=2702&Itemid=239. Documento eletrônico acessado em: 2 ago 2010. [Endereço não disponível].

PREFEITURA DE FORTALEZA. “OP em números”. Fortaleza, Ceará. 31 jul. 2008. Disponível em: http://www.fortaleza.ce.gov.br/op/index.php?option=com_content&task=view&id=15&Itemid=63. Documento eletrônico acessado em: 23 mar. 2010. [Endereço não disponível].

REDE ANOTE. Veículo pesado para as comunidades dos trilhos. (vídeo). - Fortaleza: s.n., 28/11/2013. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=XKjPxGgmtBE. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

RIBEIRO, GERMANO. Apenas 40% das desapropriações de imóveis para o VLT foram concluídas. Diário do Nordeste. Disponível em: http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/cidade/apenas-40-dasdesapropriacoes-de-imoveis-para-o-vlt-foram-concluidas-1.802541. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

SEMACE. Coema libera licença prévia do VLT de Parangaba ao Mucuripe |. Disponível em: http://www.semace.ce.gov.br/2011/09/coema-libera-licenca-previa-do-vlt-de-parangaba-ao-mucuripe/. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

SENA, Lena. G1 - Operação do VLT no CE começa em dezembro em caráter experimental - notícias em Ceará. Disponível em: http://g1.globo.com/ceara/noticia/2016/03/operacao-do-vlt-no-ce-comecaem-dezembro-em-carater-experimental.html. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

SOARES, Nicolau. Encontro organiza luta contra remoções da Copa 2014 em Fortaleza. Rede Brasil Atual. Disponível em: http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/desafiosurbanos/2012/02/encontroorganiza-luta-contra-remocoes-da-copa-2014-em-fortaleza. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

VEÍCULO Leve sobre Trilhos: defasagem nos valores de indenizações por desapropriações e aluguel social – Mandato É tempo de resistência – Deputado Estadual Renato Roseno. Disponível em: http://www.renatoroseno.com.br/noticias/veiculo-leve-sobre-trilhos-defasagem-nosvalores-de-indenizacoes-por-desapropriacoes-e-aluguel-social. Documento eletrônico acessado em: 31 jul. 2019.

Capa para Os relegados da cidade e os trilhos da segregação
Publicado
setembro 11, 2020

Detalhes sobre essa publicação

ISBN-13 (15)
978-65-5846-047-3
Bookmark and Share